A Edição 21 da Panaceia chega com um convidado ilustre na curadoria. O ex-deputado federal e escritor Jean Wyllys vem ao clube para indicar a próxima leitura dos associados, portanto, se você ainda não se inscreveu, corre que é só até dia 20 de outubro. É só clicar aqui.

Antes de conhecer um pouco mais do Jean neste perfil, é bom lembrar ele já se apresentou à comunidade da Panaceia comentando o hábito da leitura. No vídeo, descobrimos que, para ele, ler é fundamental. “Ler amplia o nosso imaginário, o nosso vocabulário, o nosso repertório cultural e, logo, nos transforma”, explica. E também acrescenta que o momento político demanda isso: “Ler, no Brasil atual, é um ato revolucionário”. Confira abaixo:

Sobre o curador

Jean Wyllys nasceu em 10 de março de 1974 em Alagoinhas, na Bahia. É o quarto filho de uma lavadeira e um pintor de automóveis, dona Inalva e seu José. Vivia com sua família numa casa de um único cômodo e sem água encanada.

Durante a infância, frequentou as Pastorais da Juventude e as Comunidades Eclesiais de Base, movimentos criados por padres progressistas influenciados pelo marxismo e pelo Concílio Vaticano II, onde, segundo ele, iniciou sua vida intelectual e política.

Aos 13 anos, trabalhou na Caixa Econômica como aprendiz e aos 14, conseguiu uma vaga para cursar o ensino médio técnico na Fundação José Carvalho, entidade filantrópica de excelência em educação, na unidade de Pojuca. Quando concluiu o curso, mudou-se para Salvador.

Cursou jornalismo na Universidade Federal da Bahia, a UFBA e trabalhou para os principais jornais soteropolitanos. Foi professor de Cultura Brasileira e de Teoria da Comunicação em faculdades privadas do Rio de Janeiro. Concluiu seu mestrado em Letras e Linguística na UFBA, mas teve sua proposta de doutorado reprovada.

Aficionado por televisão, noveleiro assumido e estudioso da cultura de massa, o baiano afirma que se inscreveu no Big Brother Brasil com o intuito de fazer uma investigação etnográfica do programa e como forma de impulsionar sua carreira literária. Venceu a disputa em uma votação apertada com Grazielli Massafera e saiu da casa com 50 milhões de votos, o primeiro homossexual assumido a levar o prêmio.

A partir daí, assumiu uma posição de liderança no ativismo LGBT. O potencial político de sua popularidade logo foi percebido e, em 2010, elegeu-se deputado federal no Rio de Janeiro pelo PSOL. Estreou no Congresso em 2011 e desde então trabalha publicamente em defesa dos Direitos Humanos.

Participou da Frente Parlamentar Mista pela Cidadania LGBT, da Comissão de Educação, da Comissão de Cultura e da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos Humanos, entre outras. Seus projetos de lei incluem a legalização do casamento de pessoas do mesmo sexo, o tratamento de doenças raras pelo SUS (Sistema Único de Saúde), a instituição de uma política nacional Griô, para proteção das tradições orais, e a criação de uma Lei Empresa Ficha Limpa, que impeça empresas sob investigação criminal de participar de licitações públicas.

Como escritor, Jean já publicou “Ainda Lembro” (2005), relatando sua experiência no BBB, “Tudo ao mesmo tempo agora” (2008), com crônicas, e “Tempo bom tempo ruim” (2014), reunindo ensaios do autor. Recentemente, em parceria com Adriana Abujamra, lançou “O que será: A história de um defensor dos direitos humanos no Brasil” (2019).

No início de 2019, Jean Wyllys anunciou a renúncia a seu mandato como deputado federal e sua saída do Brasil, devido ao temor frente a ameaças de morte e assédio que vinha sofrendo de opositores, intensificadas com o atual levante de extrema-direita e conservadorismo.

Apesar do exílio, o baiano, com convicções sólidas, coragem e atitude, se mantém ativo como voz a favor de pautas progressistas e contra retrocessos e abusos do atual governo. Atualmente faz residência no Instituto de Pesquisa Afro-Latinoamericanos na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, onde pesquisa e leciona sobre fake news e discursos de ódio contra minorias sexuais e étnicas, em um projeto iniciado com a Fundação Open Society.

***

Quer garantir seu kit com a indicação de leitura do Jean Wyllys?
Então acesse www.panaceiaclube.com.br/associe-se e seja você também um associado!

Compartilhe: